fbpx

Você conhece o curso de tanatopraxia? Entenda aqui!

O curso de tanatopraxia pode ser uma  alternativa para aqueles que desejam adquirir uma qualificação em curso de curta duração.

Mas afinal, do que se trata essa ocupação? Confira em nosso artigo de hoje!

O que é o curso de tanatopraxia?

A tanatopraxia chegou ao Brasil nos anos de 1980, como uma técnica de conservação de corpos por meio da troca de fluidos, sem precisar abrir o corpo.

O curso ensina ao aluno como fazer a incisão no lugar correto para injetar uma solução à base de álcool, formol, glicerina e outros componentes. O sangue então é expulso pela veia jugular enquanto o líquido é bombeado para o corpo.

A técnica serve para higienizar o corpo e conservá-lo por mais tempo, permitindo um velório mais longo, evitando os inchaços e vazamentos de líquidos corporais.

Possibilita ainda o traslado a longas distâncias com segurança, livre de odores e de uma aparência cadavérica.

Em que áreas o profissional pode atuar?

O curso de tanatopraxia pode ser feito por qualquer pessoa acima dos 18 anos, não é necessário possuir formação na área da saúde.

É comum que técnicos em enfermagem se interessem pela profissão. Entretanto, vale ressaltar que as instituições recebem muitas pessoas interessadas em mudar o foco da sua carreira.

Após a certificação, o tanatopraxista pode trabalhar em funerárias, laboratórios de tanatopraxia e até mesmo como auxiliar de necrópsia. É possível também tornar-se especialista em uma área, como a de necromaquiagem e reconstrução facial.

Qual é o perfil exigido para quem pretende exercer a profissão?

Quem está cogitando fazer um curso de tanatopraxia e investir na profissão deve ser, acima de tudo, emocionalmente inteligente. Muitos confundem a escolha de trabalhar com corpos humanos que já não estão mais presentes em vida com frieza e falta de sentimentos, mas não é exatamente isso que acontece.

Os tanatopraxistas devem ter sempre em mente que aquela pessoa que estão tratando à mesa é filho, filha, pai, mãe, marido ou esposa de alguém que já está sentindo muito a sua falta. Portanto, é preciso preparar com carinho.

A ética não pode faltar, assim como o bom senso. É preciso saber com quem está lidando para não criar situações desnecessárias. Um exemplo disso é procurar saber a religião do falecido, para não errar na necromaquiagem. Muitas não aceitam o uso de batom, por mais discreto que seja.

É preciso ter pulso e firmeza para lidar com as mais variadas causa mortis. Hoje, o profissional está cuidando de uma senhora que faleceu dormindo. Entretanto, amanhã pode ser a vez de uma pessoa vítima de violência, dentre diversas situações que poderão ser encontradas.

Quais são as disciplinas estudadas no curso?

Instituições que oferecem um curso de tanatopraxia mais completo geralmente têm a grade composta por:

  • Tanatopraxia padrão: Ensina as técnicas de preparação de corpos após a morte, preservando a integridade dos tecidos corporais, adiando o processo biológico de decomposição, atendendo às exigências legais e sanitárias e evitando constrangimento dos em velório com o vazamento de fluídos corpóreos;

  • Tanatopraxia avançada: Técnicas para preparação de corpos já em avançado estágio de decomposição;

  • Necromaquiagem: Ensina a melhorar a aparência da pele do rosto por meio da maquiagem, respeitando a feição que a pessoa tinha em vida;

  • Embalsamamento e formolização: Essa é uma técnica de conservação de cadáveres obrigatória. É exigida pela ANVISA no translado nacional e internacional de corpos humanos;

  • Legislação e estruturação legal da empresa: Mais uma disciplina que aborda as exigências da ANVISA. Aqui, são recebidas orientação para adequação do laboratório de tanatopraxia às normas sanitárias e do Ministério do Trabalho.

Além disso, são abordadas questões como anatomia humana, necrópsia, tanatologia forense, técnicas de sutura, entre outros.

O curso de tanatopraxia tem como objetivo apresentar aos futuros profissionais algumas noções básicas sobre o corpo humano, dando ênfase ao sistema circulatório e passando orientações a respeito das técnicas de dissecação nas principais artérias.

O processo visa prevenir o vazamento de líquidos, as alterações anatômicas e os odores que os corpos exalam ao iniciar a decomposição. O indivíduo também aprende a implementar e manter um tanatório em funcionamento.

Além disso, estuda como passar segurança à família e se relacionar de maneira adequada com aqueles que estão fragilizados pela perda de um ente querido.

Qual é a importância desse curso para a sociedade?

Antigamente, o recém-falecido era apresentado no velório com uma coloração extremamente pálida e, muitas vezes, com uma aparência roxa.

A tanatopraxia dedica-se a apresentar o ente querido à sua família com um aspecto sereno, saudável e mais próximo do que tinha em vida, amenizando um triste momento na medida do possível.

Percebe como o curso de tanatopraxia pode ser uma alternativa para uma caminhada profissional segura?

A Conhecer Escola é uma instituição que oferece cursos profissionalizantes. O curso de tanatopraxia é um deles. Entre em contato conosco agora mesmo e qualifique-se para o mercado trabalho. Até breve!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Conhecer Escola Técnica

Há mais de 20 anos formando pessoas para o mercado de trabalho

Somos uma escola técnica referência em formação profissional na área de saúde, formando cidadãos para a vida, profissionalizando-os e promovendo o conhecimento com responsabilidade social.

Últimas postagens

Conheça nossos cursos

Curta nossa página no Facebook

gostaria de saber o valor do curso?

Deixe eu e-mail e telefone que enviaremos todas as informações

FAÇA SUA inscrição 100% ONLINE

Skip to content